sábado, 8 de março de 2014

Resenha: A marca de uma lagrima

Oi pessoas, bem não sei se vocês perceberam mais toda vez que eu volto com uma postagem depois de um certo periudo, eu sempre volto com uma resenha de livro! kkkkkk
A resenha da vez é de um livro muito bom de Pedro Bandeira, ele é um livro que te dá uma lição sobre amor .
O livro fala sobre Isabel uma menina de 14 que se diz apaixonada por Cristiano seu primo de 16, que se apaixona por Rosana melhor amiga de Isabel. Com tudo isso Isabel acaba sendo o "cupido" do casalzinho escrevendo poemas e caratas para que ambos entregue um para o outro, sem saber que é ela que escreve todas as cartas. E meio a isso tudo ela conhece Fernando que acaba se tornando amigo e companheiro de testemunho da morte de diretora do colégio. Em uma noite Isabel toma alguns remédios e acaba indo parar no hospital, lá ela é quase morre pela assasina de dona Albertina, mas seu grande amor a salva, depois disso tudo ela reencontra Cristiano que se diz apaixonado por ela, mais ela acaba descobrindo que quem a salvo não foi Cristiano e sim Fernando, depois de cair tonta nos braços dele o livro acaba.
Bem eu acho que nessa resenha eu vou ser um pouco critica, então vamos lá.
O começo do livro é bobo, sinceramente é um começo idiota. Porque como pode uma menina de 14 anos se apaixonar assim so de ver o garoto, e não conhecer o seu eu , como pode? Talvez Pedro Bandeira esteja querendo fazer um jogo com a mente dos seus leitores . Mais enfim eu só achei que o livro foi ficando interessante de se ler depois da morte , porque o começo Isabel é uma menina idiota que aceita tudo e fica brigando com seu espelho, mas a culpa não é de Cristiano e sim da própria Isabel que fico fantasiando em sua cabeça uma coisa que nem mesmo existiu.
Achei interessante a forma que Pedro enfatizou o amor de Isabel como uma coisa fogoso, os seus poemas sendo ardentes e sensuais. Se isso acontecesse nos dias de hoje dirinham que ela é uma piranha simplesmente isso, mas ela sofria sozinha e não deixava que ninguém a não ser seu inimigo entrasse naquele seu mundo.
Bem gente apesar do começo ser um pouco bobo o livro é muito bom, Pedro Bandeira escreve romances lindos, e eu indico esses livros a vocês. Espero que tenham gostado e que gostem dele