quinta-feira, 26 de junho de 2014

Lá vem Tag

Hiiiii! Bem semana passada eu gravei e postei a tag da minha amiga Kary Crys (Clique aqui) que ta fazendo muito sucesso no Youtube.








Bem foi isso tchau amores



Vamos de Londres....Sem sair do quarto!

Hey! Bem no post de hoje vamos falar de Londres. É uma das cidades mais visitadas e bonitas do mundo, e também uma das mais procuradas pelos universitários. Para falar a verdade ela é uma das minhas preferidas, e ta na minha listinha de lugares que quero conhecer.
Por que viajar para lá?
Porque, além de seus pontos turísticos, lá tudo é baratinho boba, se você é daquelas que adora comprar make, roupas, e outras coisas, lá você encontra tudo isso e sem gastar muito.


Agora vamos colocar um pouco de Londres no nosso quarto! kkkk






Na parede é bom pendurar quadros, bandeiras, e posteres de bandas de lá e de pontos turísticos !






Agora só arrasar na almofada e em outros itens fofos *-*






(não tem nada haver com decoração mais achei fofo)

Bem foi isso amores espero que tenham gostado, beijocas 










quinta-feira, 19 de junho de 2014

Look da semana: Jantar, vestido e vamos lá

Oi gente, voltei, semana passada estive ocupada, essa semana também, mas to aqui não esqueço de vocês não.
Então,o look dessa semana foi o que eu usei em um jantar da minha igreja, para namorados (Eu fui mesmo não tendo um), confiram nas fotos abaixo



(Vestido Riachuelo, sapato ganhei)

Espero que se inspirem amores, beijos!


Beijos da Pekena <3







sábado, 7 de junho de 2014

Rabiscos: A felicidade de uma tarde só

Sexta dia 13 pra muitos um dia de azar, mas para mim sempre um dia de sorte. Geralmente nesse dia acontece uma coisa muito boa comigo, nessa vez não foi diferente. Levantei me arrumei fui pra escola, estudei, voltei pra casa de busão (pra variar lotado) e deitei na cama, até ai normal. 15h eu já não tinha o que fazer, tava meio nublado mais não tão frio, estava como numa típica tarde de outono, decidi sair de casa, passear pelo meu bairro, ver uns amigos, e foi ai que meu dia começou a ficar melhor do que já tava. Fui para a casa do meu primo meu amigo vizinho dele estava lá – Encontrar ele não era mais uma opção, muito menos surpresa. Acho que fui para La com essa intenção mesmo, afinal não se é todo dia que você tem a oportunidade de encontrar o garoto que te prendeu em um mundo enigmático por sei lá cinco anos (sim eu gosto dele a mais de cinco anos)- jogamos vídeo game. Jogamos futebol, até que meu primo teve que sair e eu não queria ir pra casa. Ele me chamou para ir à casa dele, eu fui. Ficamos umas 2h conversando no quintal da casa dele, quando de repente me vi pressa aos olhos castanhos dele, me senti uma boba perto dele, eu já não conseguia pensar em nada a não ser nele ai só pra mim. Só fui acordar do sonho quando a mãe dele o chamou, mas não demorou muito e ele estava de volta. Não me lembro em que assunto estava que acabamos falando do passado, lembrando das nossas estripulias do colégio, tempos bons que não voltam em uma dessas conversas ele me chamo de falsa e eu fingi ir embora, foi quando ele me pego pelo braço e me deu um abraço logo depois estávamos nos beijando.
O mundo parecia ter parado. No momento eu só via ele na minha frente, sentia o coração dele batendo junto ao meu. E por alguns minutos me senti amada, senti que alguém realmente gostava de mim.





Critica: A culpa é das estrelas- O filme


Hello! Bem gente ontem eu fui no cinema ver o tão esperado filme desse ano, para todos os amantes da leitura (Incluindo EU).Quando eu soube que teria o filme eu pirei, cara e foram messes de espera inacabáveis, e na semana do lançamento,mais angustia, enfim eu queria ir na estreia mas não deu, fui no dia seguinte com minhas amigas e nossa eu ouvia mas lagrimas do que tudo em todo cinema. Parabéns John Green você foi o cara que mais partiu corações e que mais fez pessoas chorar em todo mundo, outro parabéns por você ter tentado tirar a sua culpa e coloca nas estrelas, simplesmente parabéns por te escrito o meu livro que eu já. Mas estamos aqui para falar do filme então, o filme já quebro o record na pré-venda nos EUA  e aqui, e esta próxima de bater o recorde de bilheteria, olha que divo
E para começar eu vou dizer: Ele foi perfeito. Mesmo ele sendo um livro clichê (Por ser previsível ta, não pelo câncer), mesmo o John Green ser um escritor que mata um personagem e bota a culpa nas queridas estrelinhas, ele foi um dos filmes que mais estiveram perto do livro, parecia que eu estava vendo o que eu estava lendo, mas como nada é perfeito, tiveram alguns pontos que não foram citados, outros que vieram com erros mas pode ter certeza que é 90% do livro puro no filme , posso dizer que no cinema que eu fui não era lá essas coisas, a imagem não estava tão boa assim e o áudio também. 


1)A ex do Gus. No livro fala explicitamente que o Gus teve uma namorada que também morreu de câncer, já no filme não se fala nada sobre ela. Nada mesmo, ainda não sei o porque disso.

2) No livro fala que o Gus era alto, moreno e de olhos azuis. Mais como se percebe o Ansel não é nada disso. Outra troca de personagens também foi a do Peter Van Hauten, ele é descrito como um cara gordo careca, ja no filme ele é magro com cabelo, a unica coisa que deixaram certa nele foi a sua ignorância.

Mas mesmo com isso tudo eu ame, me apaixonei, e senti raiva novamente, não digo que chorei, pois não chorei.
E para você que ainda não assistiu o filme, eu te indico assisti-lo legendado, pois eu odiei a dublagem, e outra no dublado eles falam Okay sim, do jeito que é em inglês.
Bom pessoas  eu amei, vocês vão amar,e se você for uma daquelas pessoinhas que chora atoa melhor levar um lencinho


Se você não leu a resenha do livro Resenha: Acede