quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Rabiscos: Porque ainda faz isso comigo?



Outra semana, outra jornada, outros problemas, outras alegrias, mas não outro você. Não sei por que insisti na probabilidade de você mudar de opinião. Ainda sinto a falta sua falta.
Já fazia tempo que eu não sai para andar de bicicleta, e naquela tarde aproveitei que não estava chovendo e fui. Passei no campo nenhum menino jogava futebol, afinal estava tudo cheio de lama, na praça algumas crianças brincavam naqueles brinquedos velhos, então desci da bicicleta e decidi sentar e ouvir musica em um banco de madeira velho e longe de todos. Dava para ver a praça toda dele, foi quando te avistei de longe vindo em minha direção, queria sumir naquela hora, mas não dava. Você sento do meu lado falamos meia duzia de palavras e você do nada me puxou e beijou naturalmente.
Não dava para ficar ali mas, fomos para uma rua pouco movimentada, ainda de paralelepípedo, um lado de cassas outro era só arvores, umas 3 crianças brincavam, tinha um banco improvisado no final da rua e lá sentamos. Conversamos a tarde toda, mas nada relacionada a nos, quando percebi já era noite, tinha que ir e novamente você me beijo de repente.
Fui embora confusa. E novamente fiquei sem saber o que iria acontecer...


5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Adorei o texto, parabéns linda. Seguindo :)
    http://princesaaos23.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto Bianca, sei que tem um ótimo futuro pela frente para você!

    http://sexofraldaserocknroll.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Comentários sempre bem- vindos