Mostrando postagens com marcador livro. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador livro. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Wishlist: Livros que quero comprar

Oi gente! Ae ferias uhuuu, ta e nessas ferias eu vou ficar em casa, se eu sair vai ser pra ir para Macaé casa da minha tia, então meu aniversario é esse mês (21 de Julho) e eu espero ganhar presentes, já to ganhando dês de já, o que é ótimo, eu to me dedicando ao meu outro blog também Clique aqui e to com uma lista de livros que quero ler e comprar, pq eu quero criar minha biblioteca e tal, abaixo segue a lista ta amores


1° Se eu ficar

Mia Hall  tem em sua frente uma das decisões mais difíceis de sua vida: conquistar o seu sonho na música em Nova York ou seguir pelo caminho que a leva para perto do amor de sua vida, Adam . Porém, um terrível acidente de carro durante um passeio em família muda tudo em segundos e agora sua vida está em risco. Presa neste mundo entre a vida e morte, Mia agora tem uma decisão muito maior a ser tomada que afetará não só seu futuro, mas também seu destino.

2° A trilogia A seleção
 Para trinta e cinco garotas, a Seleção é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China, e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças entre dezesseis à vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha.
Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes.
Até America conhecer pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma - e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.



3° Azul da cor do mar

Acaso, destino ou loucura? No caso de Rafaela, Pode ser tudo isso junto. Para alguém como ela, nada é impossível. Rafaela sonha desde a adolescência com o garoto que viu uma vez, perto do mar, carregando uma mochila xadrez... A idéia fixa não a impediu, porém, de ser uma menina alegre e muito decidida. Ela quer ser jornalista, e seu sonho está se concretizando: Rafaela Vilas Boas (um nome tão imponente para alguém tão desajeitado) conseguiu um estágio no melhor jornal de Minas Gerais. Mas, como estamos falando de Rafa, alguma coisa tinha que dar errado. O jornal é mesmo incrível, mas seu colega de trabalho, Bernardo, não é a pessoa mais simpática do Mundo. Em meio a reportagens arriscadas – e alguns tropeços -, Bernardo acaba percebendo, contra a sua vontade, que Rafaela leva jeito para a coisa... E que eles formam uma dupla de tirar o fôlego. Mas e a mochila? E o garoto, o envelope, as cartas? Um dia a estabanada Rafaela vai ter que se libertar dessa obsessão. 


4° Ana e o beijo francês

 “Isto é tudo o que sei sobre a França: Madeline, Amélie e Moulin Rouge. A Torre Eiffel e o Arco do Triunfo também, embora eu não saiba qual a verdadeira função de nenhum dos dois. Napoleão, Maria Antonieta e vários reis chamados Louis. Também não estou certa do que eles fizeram, mas acho que tem alguma coisa a ver com a Revolução Francesa, que tem algo a ver com o Dia da Bastilha. O museu de arte chama-se Louvre, tem o formato de uma pirâmide, e a Mona Lisa vive lá junto com a estátua da mulher sem braços. E tem cafés e bistrôs — ou qualquer nome que eles dão a estes — em cada esquina... Não é que eu seja ingrata, quero dizer, é Paris. A Cidade Luz! A cidade mais romântica do mundo.” Anna Oliphant não está nada entusiasmada com a ideia de se mudar para Paris, já que seu pai, um famoso escritor norte-americano, decidiu enviá-la para um colégio interno na Cidade Luz. Anna prefere ficar em Atlanta, onde tem um bom emprego, uma melhor amiga fiel e um namoro prestes a acontecer. Mas, ao chegar a Paris, Anna conhece Étienne St. Clair, um rapaz inteligente, charmoso e bonito. Só que Etiénne, além de tudo, tem uma namorada... Anna e Etiénne se aproximam e as coisas ficam mais complicadas. Será que um ano inteiro de desencontros em Paris terminará com o esperado beijo francês? Ou certas coisas simplesmente não estão destinadas a acontecer? Stephanie Perkins escreveu um romance de estreia divertido, com personagens espirituosos que garantem dedos formigando e corações derretendo.


5° A culpa é das estrelas ( é gente eu não tenho o livro)



Bem gente essa é a minha Wishlist, espero que tenham gostado

 Beijos da pekena 



sábado, 7 de junho de 2014

Rabiscos: A felicidade de uma tarde só

Sexta dia 13 pra muitos um dia de azar, mas para mim sempre um dia de sorte. Geralmente nesse dia acontece uma coisa muito boa comigo, nessa vez não foi diferente. Levantei me arrumei fui pra escola, estudei, voltei pra casa de busão (pra variar lotado) e deitei na cama, até ai normal. 15h eu já não tinha o que fazer, tava meio nublado mais não tão frio, estava como numa típica tarde de outono, decidi sair de casa, passear pelo meu bairro, ver uns amigos, e foi ai que meu dia começou a ficar melhor do que já tava. Fui para a casa do meu primo meu amigo vizinho dele estava lá – Encontrar ele não era mais uma opção, muito menos surpresa. Acho que fui para La com essa intenção mesmo, afinal não se é todo dia que você tem a oportunidade de encontrar o garoto que te prendeu em um mundo enigmático por sei lá cinco anos (sim eu gosto dele a mais de cinco anos)- jogamos vídeo game. Jogamos futebol, até que meu primo teve que sair e eu não queria ir pra casa. Ele me chamou para ir à casa dele, eu fui. Ficamos umas 2h conversando no quintal da casa dele, quando de repente me vi pressa aos olhos castanhos dele, me senti uma boba perto dele, eu já não conseguia pensar em nada a não ser nele ai só pra mim. Só fui acordar do sonho quando a mãe dele o chamou, mas não demorou muito e ele estava de volta. Não me lembro em que assunto estava que acabamos falando do passado, lembrando das nossas estripulias do colégio, tempos bons que não voltam em uma dessas conversas ele me chamo de falsa e eu fingi ir embora, foi quando ele me pego pelo braço e me deu um abraço logo depois estávamos nos beijando.
O mundo parecia ter parado. No momento eu só via ele na minha frente, sentia o coração dele batendo junto ao meu. E por alguns minutos me senti amada, senti que alguém realmente gostava de mim.





Critica: A culpa é das estrelas- O filme


Hello! Bem gente ontem eu fui no cinema ver o tão esperado filme desse ano, para todos os amantes da leitura (Incluindo EU).Quando eu soube que teria o filme eu pirei, cara e foram messes de espera inacabáveis, e na semana do lançamento,mais angustia, enfim eu queria ir na estreia mas não deu, fui no dia seguinte com minhas amigas e nossa eu ouvia mas lagrimas do que tudo em todo cinema. Parabéns John Green você foi o cara que mais partiu corações e que mais fez pessoas chorar em todo mundo, outro parabéns por você ter tentado tirar a sua culpa e coloca nas estrelas, simplesmente parabéns por te escrito o meu livro que eu já. Mas estamos aqui para falar do filme então, o filme já quebro o record na pré-venda nos EUA  e aqui, e esta próxima de bater o recorde de bilheteria, olha que divo
E para começar eu vou dizer: Ele foi perfeito. Mesmo ele sendo um livro clichê (Por ser previsível ta, não pelo câncer), mesmo o John Green ser um escritor que mata um personagem e bota a culpa nas queridas estrelinhas, ele foi um dos filmes que mais estiveram perto do livro, parecia que eu estava vendo o que eu estava lendo, mas como nada é perfeito, tiveram alguns pontos que não foram citados, outros que vieram com erros mas pode ter certeza que é 90% do livro puro no filme , posso dizer que no cinema que eu fui não era lá essas coisas, a imagem não estava tão boa assim e o áudio também. 


1)A ex do Gus. No livro fala explicitamente que o Gus teve uma namorada que também morreu de câncer, já no filme não se fala nada sobre ela. Nada mesmo, ainda não sei o porque disso.

2) No livro fala que o Gus era alto, moreno e de olhos azuis. Mais como se percebe o Ansel não é nada disso. Outra troca de personagens também foi a do Peter Van Hauten, ele é descrito como um cara gordo careca, ja no filme ele é magro com cabelo, a unica coisa que deixaram certa nele foi a sua ignorância.

Mas mesmo com isso tudo eu ame, me apaixonei, e senti raiva novamente, não digo que chorei, pois não chorei.
E para você que ainda não assistiu o filme, eu te indico assisti-lo legendado, pois eu odiei a dublagem, e outra no dublado eles falam Okay sim, do jeito que é em inglês.
Bom pessoas  eu amei, vocês vão amar,e se você for uma daquelas pessoinhas que chora atoa melhor levar um lencinho


Se você não leu a resenha do livro Resenha: Acede






sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Resenha: A culpa é das estrelas *-* (perfeito)

Bem gente, estou tentando reorganizar minha vida, tanto na escola, tanto aqui no blog, mais ta difícil, pois é meu ultimo ano la e tal e os trabalhos e deveres ja estão aparecendo e ta tudo muito corrido, mais prometo fazer pelo menos um post por semana.
Eu acabei de ler o livro, e simplesmente, amei, chore, rir, me emocionei. Porque esse livro e muito lindo, mais pra você que não sabe sobre o que ele fala vou falar um pouquinho sobre ele.
O livro trata de uma historia de uma menina de 16 anos chamada Hazel, ela sofre de câncer no pulmão e tal, e nisso ela acaba conhecendo Augustus (Gus), nisso eles vão vivendo um romance, sendo que Gus já teve câncer na perna e teve que amputa-la, e nisso depois de uma viagem o câncer de Gus volta novamente e ele passa por todo processo de novo e por meio período ela tem uma regressão, e o final eu não vou contar para não estragar.
Bem ele te faz pensar muito sobre sua vida, sobre coisas que você vive (como todo bom livro de Jonh Green), então sempre que poderem parar um pouquinho e refletir sobre ele é bom. Ele é um livro emocionante de mais e tem data prevista de lançamento do filme nos EUA no dia 6 de julho, se você quiser ver o trailer aqui em baixo oh.
http://www.youtube.com/watch?v=lFOOZJ1UChg
So posso dizer que foi um dos melhores livros que já, li e que vocês não vão se arrepender de ler e comprar ele.



bem espero que tenham gostado!
segue o blog no face : Blog Fala Pekena
e no istagram: @bgfalapequena



sábado, 18 de janeiro de 2014

Resenha: Cidades de papel

Bem gente acabei de ler meu primeiro livro do ano em 1 semana e meia, Cidades de papel de John Green (autor de A culpa é das estrelas)
 O livro conta a historia onde Q. quer encontrar Margo, depois dela desaparecer na noite onde eles passaram juntos se vingando de certas pessoas. Para isso ele conta com a ajuda de Radar e Ben, para procurar pistas  e descobrir onde ela estar.
O livro é muito bem e bem impactante, adorei ler ele, gostei muito de como John escreve, sem medo de censurar. muitas coisa, e é claro com um bom humor. Mesmo sabendo que Margo poderia estar morta Q. nunca desiste de sua procura. Assim como outros livros de Green. o romance sempre estar em questão


Bem amores foi isso bjs  

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Wishlist 2014

Bem gente, 2014 ta chegando e essa é minhas lista para esse novo ano! mai a em baixo vai a lista para o ano que vem


1- O livro Destrua esse diário é top de mais cara ele divo!1
2- Outro livro de arrasar também é o A culpa é das estrelas *-*
3- Meu skate como eu ja tinha dito em um outro post
4- Uma câmera profissional para fazer videos para vocês 
5- Um vans que é esse tênis divo 

Bem galera foi isso, espero esta realizando tudo isso ano que vem , me sigam no twitter e no ista 


segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Resenha: Querido John

Oi gente hj eu vou fazer uma resenha sobre um livro que eu adorei ler.



O livro (Querido John) é um livro muito bom, pois envolve romance e ação. Contando a  historia de duas pessoas diferentes que acabaram se apaixonando ao longo do tempo e que infelizmente tiveram que se separa por causa de uma guerra e ele namoravam por cartas ate que chego um dia que Savana não quis mais e desistiu dele. O livro é mais romântico do que tudo  envolve cenas de muito amor com cenas carinhosas, mais o autor não deixo de destacar o lado mais bruto e triste da historia que foi no período das guerras. Como de sempre a se espera do autor desse livro (Nicholas Sparks) sempre há uma pessoa que morre por câncer, mais isso é que da o maior impacto para a obra. O livro Americano demorou a ter sua obra escrita em português sendo cara aqui pelos altos impostos. Recomendo o livro para apaixonados , que leiam em momentos livres como as férias 






Não esqueça de 
Comentar, Compartilhar e curti nossa fan page 
Me sigam no twitter